José Romão


APG – Associação Portuguesa de Geólogos

LNEG – Laboartório Nacional de Energia e Geologia


José Manuel Correia Romão é investigador sénior do Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), tendo sido Presidente da Secção de Geociências do Conselho Científico do LNEG entre 2004 e 2012, e, atualmente, Presidente da Associação Portuguesa de Geólogos.

Durante os últimos 26 anos desenvolveu trabalhos de Cartografia Geológica a diversas escalas, tendo sido autor-coordenador das cartas na escala 1/50 000 no território português (Moimenta da Beira, Mação, Rosmaninhal, Segura, Retorta e Tomar) e coautor das cartas 1/1 000 000 (2010) e 1/500 000 de Portugal (1992) e da carta geológica 1/1 000 000 de Espanha e Portugal (2016). Elaborou ainda cartas geológicas dos concelhos de Vila de Rei e de Mação para as respetivas autarquias na escala 1/25 000 e cartas temáticas, nomeadamente litostratigráficas, tectono-estruturais e neotectónicas. Integra, atualmente, a Comissão de Coordenação para a elaboração da Carta Tectónica da Península Ibérica.

As suas atividades de ID&I têm estado focadas essencialmente na Geologia do Paleozoico e do Pré-câmbrico, nomeadamente, na identificação e caracterização da litostratigrafia, do metamorfismo e das fases de deformação das orogenias Cadomiana e Varisca, com a finalidade de se arquitetar modelos de evolução geodinâmica para o Maciço Ibérico.

Foi Professor Convidado do Instituto Politécnico de Leiria (2006-2009) e Universidade Europeia, onde lecionou unidades curriculares das licenciaturas de Proteção civil e Gestão da Segurança e Proteção Civil (2010-2016), respetivamente.

Publicou mais de uma centena de trabalhos científicos em livros, revistas científicas nacionais e internacionais com arbitragem e em atas e resumos de congressos, de seminários e de outros fóruns científicos, bem como as notícias explicativas de Cartas Geológicas, e participou em diversos projetos de investigação, alguns dos quais como Investigador Principal.

Tem participado ainda em numerosas atividades de divulgação e promoção da cultura científica e tecnológica, das quais destaco a realização de cursos de formação e de atualização de professores e de ações no programa “Ciência Viva”, para além da participação em diversas conferências e palestras nacionais e internacionais.

Anúncios